Recents in Beach

Sobre andar de Ônibus e ser uma Kardashian

Outro dia enquanto eu estava a caminho da faculdade em um breve passeio de ônibus, ao ver uma cena curiosa, de um homem que estava com um semblante nada satisfeito por estar repetindo sua função a mais de 20 anos, me deparei com a seguinte questão:
“Será que estamos vivendo nossas vidas como realmente desejamos?”
Eu sei que essa questão não é tão simples quanto pensamos, pois implica uma auto-reflexão de um grau altíssimo da qual algumas pessoas muitas vezes nunca ousaram questionar. É ignorante afirmar isso nem todos que vivem sobre o céu da ignorância tem a real noção que vivem sob tal condição. Há também aqueles que escolhem a aceitação pois é o meio mais confortável e acessível de viver. O que é um equivoco, pois nossa alma não nos permite viver plenamente sem questionar, pois o questionamento é o combustível da alma.
Se eu fosse descrever aqui como seria minha vida segundo meus desejos muita coisa seria diferente. Da cor do meu cabelo as roupas que uso, todo mundo sabe que eu queria ser uma Kardashian.
E você está vivendo a vida plenamente ou apenas sendo mais uma que segue a imposição de algum parâmetro de felicidade? Você é obediente e bonzinho ou rebelde sem causa?
Quem é você afinal?
Essa pergunta me persegue e consome desde que existo
SER é um peso tão grande.
SER é difícil implica muitos detalhes e decisões.
Meu maior medo é não SER o suficiente de mim.


Postar um comentário

0 Comentários