Recents in Beach

Resumo: O Melhor de Peter Drucker: O homem - 15 "Princípios da Inovação"



O pensador


A inovação como prática

Assim como curas milagrosas que não se encontram em manuais de medicinas cientificamente comprovados algumas ideias inovadoras não ocorrem das fontes de oportunidades inovadoras. As inovações podem ocorrer de indivíduos "iluminados", onde as inovações são resultados de uma "ideia genial" e não de um trabalho árduo, organizado. Tais inovações não podem ser reproduzidas nem ensinadas e muito menos aprendidas.
Não há como ensinar alguém a ser um gênio.
 Porém o contrario do que se pode pensar, "ideias geniais" são raras. Dificilmente uma "Ideia genial" se transformar em inovação. Todas elas não passam de ideias brilhantes.

A inovação intencional é a que se deve levar em consideração. Que é resultado do trabalho de analise, árduo e sistemático. Inovação intencional abrange 90% de todas as inovações efetivas.
Para ser um inovador é essencial ter disciplina.  Para se obter a disciplina há coisas "Obrigatórias" que devem ser feitar e há também cosas que não se devem ser feitas, DRUCKER considera "condições" para se obter a disciplina.

O que se deve fazer

1 . A inovação intencional começa pela analise de oportunidade, é inciada pensando no que DRUCKER considera sete fontes de oportunidades para inovar:
  • Os próprios sucesso e fracassos  de uma organização e também de seus concorrentes
  • As incoerências, nos processos de produção ou distribuição ou ate mesmo no comportamentos dos clientes.
  • Necessidade do processo
  • Mudanças na empresa e nas estruturas de mercado
  • Mudanças demográficas
  • Mudanças no significado e na percepção
  • Novos conhecimentos
Todas as fontes de inovação devem ser estudadas de maneira sistemática, não basta estar alerta, é preciso estar organizado e dever se fazer de forma regular.

2. A inovação é conceitual e perceptiva. Sair para olhar, perguntar e ouvir. É importante ter tanto a percepção de analisar dados como pessoas.  Saber observar os dados analíticos e a opinião dos usuários para saber suas expectativas  e suas necessidades. Perguntar sempre:
" O Que essa inovação deve refletir para que as pessoas precisam usa-la queiram usa-la, e vejam como oportunidade para elas?"
Caso o contrario é bem possível ter a inovação certa de forma errada.

3. A inovação precisa ser simples e pontual, deve se concentrar em apenas uma coisa, do contrario, causará confusão. Menos é mais, simplicidade é tudo. Deve causar a impressão que é " Isso é obvio. Por que não pensei nisso?"
Mesmo que a inovação crie novos usos e novos mercados dever ser dirigida para uma aplicação especifica, clara e planejada.

4. As inovações começam modestas, não são grandiosas, tenta realizar algo especifico. Podemos ter o exemplo mais atual das redes sócias e dos Smartphone.
As grandes inovações começam modestamente, exigem poucos recursos, poucas pessoas e um mercado limitados. Do contrario não há tempo para fazer ajustes e mudanças durante o processo. A principio as inovações raramente são mais do que "Quase certas".

5. Uma inovação de sucesso visa liderança, foi assim que Steve Jobs fez com o Iphone, ele queria mudar o conceito de celular e conseguiu.
Mas se uma inovação não visar liderança desde o principio é bem difícil que seja o suficientemente inovadora. Caso o contrario ela apenas criou uma oportunidade para os concorrentes.

O que não se deve fazer

1. Procure não complicar. As inovações precisam ser usadas por seres humanos comuns para atingir maior abrangência e importância.,

2. Tente não fazer coisas de mais uma vez só. Não diversifique, não fragmente. 

3. Não tente inovar pensando no futuro, inove pensando no presente! Uma inovação pode ter impacto de longa duração; pode atingir sua maturidade plena vinte anos depois.

Três condições para o sucesso de uma inovação

1. Inovação é trabalho, requer conhecimento exige grande inventividade
2. Para ter sucesso Inovadores devem tirar proveito de suas qualidades.
3. A inovação afeta a economia e a sociedade, acarreta mudanças de comportamentos de toda a sociedade. A inovação precisa estar sempre próxima do mercado, focada no mercado voltada para ele.

O inovador conservador

DRUCKER não acredita e empreendedores que assumem riscos, para ele o bom inovador não quer correr riscos.
Obviamente a inovação é arriscado, porém para o autor Os inovadores de sucesso a medida que analisem as oportunidades inovadoras e identificam-nas e exploram, sejam oportunidades de risco pequenos, claramente definível.

"Os inovadores bem-sucedidos são conservadores. Prcisam ser. Não buscam os riscos, mas sim as oportunidades."
DRUCKER, Peter. O melhor de Peter Drucker: O homem. São Paulo: Nobel,2001.

Postar um comentário

0 Comentários